Café des Artistes

5 novembro, 2012 1 Comentário

Desde 2001, quando, ainda, se chamava Atelier Ramalho e Café des Artistes – no Méier –  esta iniciativa já nos tocava fundo, quanto ao Empreendedorismo Cultural, como forma bastante criativa do “Terceiro Setor¨, a fim de viabilizar projetos, que contemplassem as várias manifestações das artes na sociedade.

Com o passar do tempo o projeto foi se modificando e tomando forma mais adequada aos nossos dias e circunstâncias, até que chegamos ao MR CAJONES, mantendo o ideal do Cultivo das Artes, como Célula Mater, e fazendo os devidos ajustes, que se tornaram necessários e, hoje, estamos nos direcionando para uma plataforma em que as manifestações em nosso caso, no campo da música instrumental, com ênfase na percussão, tornam-se a nossa meta, até porque em nosso país, é um profuso centro ecumênico destas e de tantas outras manifestações…

Abaixo algumas fotos destas fases, no Méier:

 

Comentários sobre "Café des Artistes"

  1. Marco Ramalho Marco Ramalho disse:

    Houve um início, há doze anos atrás e, agora, iniciamos uma nova trajetória!!!

Deixe o seu comentário!